Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2019

Grailight - Богочеловек

Imagem
Grupo de Symphonic Black Metal da Rússia, o GRAILIGHT foi formado em 2013 e lançou o primeiro álbum em agosto de 2019: “Sic Luceat Lux”. Dois meses após aparecem com o Single “Богочеловек” (não temos a menor ideia de como é a pronúncia), uma composição pesada, rápida e com nuances que lembram grupos de Gothic Metal, especialmente pelo uso da voz feminina. A letra é cantada no idioma natal, o que torna a música ainda mais crua e, de certa forma, carregada de agressividade. Os maiores destaques aqui ficam a cargo dos riffs e solos de guitarra e da bela voz de Alexandra, que dá um contraste com os vocais guturais masculinos. Não é um som que irá soar inédito. É possível que o ouvinte se identifique com uma ou outra banda que já tenha ouvido em dado momento, mas ainda assim eles fazem um trabalho cheio de respeito e que soa interessante. Vale conferir e acompanhar o trampo anterior e os vindouros. – Nota: 8
Faixas:
1. Богочеловек
Facebook Bandcamp


Psychosane - Laws of Aggression

Imagem
Este quarteto de Ribeirão Preto começou a carreira fazendo covers do ADRENALINE MOB. Quem diria? Felizmente perceberam o potencial para fazerem músicas autorais e assim foi feito. E claro, como em praticamente todas as bandas do cenário, eles também sofreram mudanças na formação e até mesmo no direcionamento sonoro.
Em 2015 o grupo lançou “Road”, o primeiro Single. Somente em 2019 aparecem com novo material, que é justamente o EP que aqui temos a responsabilidade de apresentar aos nossos leitores. E que coisa boa termos em mãos um material assim tão impecavelmente bem feito. “Laws of Aggression” é um trampo de apenas 6 composições, mas de cara fica nítido o bom gosto e talento destes rapazes.
Heavy Metal com pitadas de outros elementos como o Thrash Metal, por exemplo, fazem a obra se tornar marcante. Riffs bem feitos, baixo com muito peso e excelente marcação, bateria cheia de potência, vocais apurados e com a energia e agressividade do bom e velho Metal são características presentes…

Fly Forever - Nothing

Imagem
One Man Band da Turquia que faz um som Ambiente repleto de melodias soturnas e misteriosas. O FLY FOREVER é idealizado por Burak Gazioğlu e esta composição é a primeira e única até o momento. A arte tem um jeitão de que estamos diante de mais um projeto de Black Metal. Não se enganem. Este estilo aqui passou bem longe. A sonoridade é lenta, por vezes depressiva, não há vocais. O projeto foi criado em outubro deste ano, ou seja, acaba de sair do forno. Interessante acompanharmos mais e de perto, mas convém ressaltarmos que é indicado para amantes deste estilo. De forma geral é bastante interessante, mas pode soar repetitivo e até mesmo cansativo. Fãs de Dark Ambient, Atmospheric e de melodias tristes irão apreciar muito. – Nota: 8
Faixas:
1. Nothing
Facebook


Kadabra

Imagem
É com grande honra e orgulho que, mais uma vez, recebemos a visita do KADABRA no VIOLENT NOISE para uma nova entrevista. Este Power Trio de Vinhedo/SP vem não somente se destacando, mas também crescendo com o seu Heavy/Thrash Metal bem feito e muito bem elaborado. Tivemos uma breve e proveitosa conversa com Paulo Bertoni, o guitarrista/vocalista, e ele nos esclareceu diversos pontos a respeito do grupo: mudança de formação, lançamento do novo álbum, clipe novo e até a situação política afetando o cenário Underground.
Confiram a entrevista e vamos apoiar o nosso Underground. Demais detalhes também podem ser obtidos no Facebook oficial do grupo.
Apreciem, divulguem e prestigiem!
Faz pouco mais de um ano e meio que conversamos com o KADABRA. Houve uma modificação na formação do grupo, pois o baterista Marcos Frasão não faz mais parte do Lineup. Qual foi o impacto desta saída e como foi achar um novo batera?
Paulo: O Marcos saiu da banda sem problemas pessoais. O que rolou foi aquela velha h…

Kill! - Shinning Man

Imagem
É com grande orgulho que mais uma vez o KILL!, trio oriundo de Jundiaí que faz um Rock alternativo mesclado com elementos do Grunge, aparece em nosso espaço. E desta vez com “Shinning Man”, mais um Single e que conta com o apoio do VIOLENT NOISE em seu lançamento. “Home”, o Single anterior, já apresentava um som pesado com doses de melodia. Aqui temos algo mais ou menos parecido, mas com uma pegada bem mais pesada e uma energia intensa. A cozinha instrumental é eficaz e funcional apresentando riffs agradáveis, baixo forte e audível e bateria dando peso e ritmo adequados. As vocalizações de Felipe Bueno também se enquadram bem na proposta do estilo e a composição tem ainda um refrão que é ligeiramente grudento, sem ser chato, cansativo ou até mesmo apelativo. Diga-se de passagem que tal feito não é simples de se fazer. Soar pesado e, ao mesmo tempo, acessível. É uma sonoridade deliciosa de se ouvir. Recomendado aos amantes do bom Rock recheado de energia, força e modernidade. Confiram!…

Vultura - Hollow Sky

Imagem
Creio que já tenhamos escrito o que aqui irei escrever. Não faz mal, pois é uma afirmativa que merece ser repetida exaustivamente. O cenário Underground nos surpreende a todo instante com bandas excelentes. Há audições que são surpresas valiosas. E podemos afirmar isso para o caso do VULTURA, quarteto brasileiro que executa um Rock/Stoner pesadão, cheio de melodia e aparece com “Hollow Sky”, seu PRIMEIRO Single. Se o primeiro registro é assim tão bom, não conseguimos sequer imaginar como serão os vindouros. Não pensem que eles criaram uma fórmula nova. De forma alguma, mas fazem o que já ouvimos de maneira impactante e tocando com alma, não apenas com talento. Pouco mais de 5 minutos de audição em que temos uma cozinha instrumental bem dosada, entrosada, coesa, com riffs fortes, solo competente, doses de melancolia e vocalizações cheias de vigor. Uma sonoridade que nos remete ao BLACK SABBATH. A música é uma alegoria sobra a ansiedade e depressão, a busca de respostas e o vazio que o …