Sagrav


É com muita honra e satisfação que recebemos mais um grupo de peso aqui no VIOLENT NOISE. Desta vez conversamos com Prota Vargas, baixista do SAGRAV, quarteto de Chapecó que executa um Thrash Metal vigoroso e cheio de energia. Eles acabaram de lançar “Kingdom of Chaos”, o primeiro Full. Nessa conversa rápida, Vargas nos falou um pouco sobre o novo álbum, as mudanças de formação, o cenário musical de Chapecó, os planos futuros e outras particularidades.

Confiram a entrevista e vamos apoiar o nosso Underground. Demais detalhes também podem ser obtidos no Facebook oficial do grupo.

Apreciem e prestigiem!

Como surgiu a ideia de montar a banda?

Prota Vargas: Em 2011 enceramos as atividades da minha banda anterior, a SPHARION. Era uma banda de Metal tradicional com influência de MAIDEN, DIO, METALLICA, nessa linha. Então fiquei um tempo sem banda, só fazendo uns barulhos por aí, sem muita objetividade. Entre 2012 a 2015, eu morava em uma casa relativamente grande e fiz uma sala de ensaios em um quarto que estava sobrando. Nesse local, reuníamos praticamente todos os finais de semana com os amigos para fazer um som, tomar ceva e comer carne kkkkkkkkkk. Mas o esquema estava ficando só nisso, sem muito empenho no lado musical. Então em 2014 resolvi acabar com isso e escrever e gravar umas músicas minhas. Assim sendo, chamei um grande brother meu e produtor musical, o Fernando Nicknich, para este projeto. Eu e o Fernando começamos juntos nessa parada de bandas de Metal aqui em Chapecó – SC, lá por 1997. Começamos a gravar o EP “The Lynching” ali mesmo, no porão da minha casa, uma sala de ensaio bem simples. Depois chamei o Cristiano Zauza para tocar guitarra e cantar e o José Paulo Kemper para a batera.

De que forma surgiu o nome do grupo e quais as principais influências musicais?

Prota Vargas: O nome da banda é meu sobrenome ao contrário. Achei que soou legal e ficou kkkkkkkkkkkkk. A logo marca quem fez foi o Rafael Paneggali (vocal e baixo da DISASTER CITIES), juntamente com as ideias do Zauza, nosso primeiro vocalista e guitarrista.

Minha influência musical inicial é: MAIDEN, JUDAS, SAXON, MANOWAR, DIO, SABBATH e aí vai. Depois veio os Thrash e Melódicos: METALLICA, ANGRA, HELLOWEEN, SEPULTURA, SLAYER... E por último, influenciado principalmente pelo grande amigo Juares Chagas Filho “Véio”, os Death Metal: KRISIUN, CANNIBAL, DEATH, SIX FEET e essas podreiras!!!!

Vocês passaram por várias mudanças na formação, correto? Isso, de alguma forma, prejudicou o andamento do grupo? Como está a formação hoje?

Prota Vargas: Sim, estamos na quarta formação.

No curto prazo prejudica, pois a banda acaba perdendo alguns shows, atrasando gravações e essas coisas, quando um integrante sai da banda. Mas depois, quando entra uma pessoa mais criativa e mais interessada em fazer música, a coisa só melhora. 

A formação atual conta com: Luciano Bravo no vocal, Guilherme Luan na guita, eu no baixo e Rubens Potrich na bateria. Está muito boa essa formação, principalmente nos shows. Muita energia e agressividade!!!

"Kingdom of Chaos” é o primeiro Full de vocês e foi lançado em 2019. Como foi o processo de gravação deste material?

Prota Vargas: Foi trabalhoso e divertido lidar com essas músicas do “Kingdom Of Chaos”.

Começamos a trabalhar nas composições no início de 2018. Reunimos eu, Fernando (nosso produtor) e o Guilherme. Luciano também participou, mas à distância, pois mora em outra cidade. Este álbum foi bem diferente, pois teve um trabalho coletivo nas composições. Nos dois EPs anteriores, geralmente eu que fazia as músicas e letras. Neste tem música do Guilherme, do Luciano, minha e também do Fernando. Letras também têm minha, do Luciano e de um amigo nosso, o Adilson Cleber “Cadeado”.

A pré-produção fizemos no Estúdio “Toca do Leão” do nosso brother Samurã. Gravamos as músicas em dezembro de 2018 e janeiro de 2019 no Estúdio do Gere com o Fernando Nicknich. Ele também fez a mix. A master quem realizou foi a empresa Absolute Master.


A arte da capa do “Kingdom of Chaos” é bastante impactante. Como chegaram a esta ideia e quem é o autor?

Prota Vargas: Sim, a capa ficou muito foda. Quem fez foi o Alcides Burn, que tem trabalhos muito bons com várias bandas de Metal, acho que a mais famosa é o KRISIUN!!! Nós o deixamos bem à vontade para criar a capa. Lembro que mandei as músicas demos e as letras. Ele deu a ideia de fazer da música “Torn”, que fala no refrão: Como mil facas / Cravadas em meu corpo / Cortando a carne / Eu sinto tudo, e também da “Kingdom Of Chaos” que já o título fala tudo: O Reino do Caos. Daí fechei na hora a ideia!!! Burn é um baita profissional, muito criativo, cumpre prazo, vale apena trabalhar com ele!!!

Como está o cenário da música pesada em Chapecó? Quais as grandes dificuldades?

Prota Vargas: Temos várias bandas de Metal aqui em Chapecó. Do Heavy melódico ao Death Metal. E também covers e autorais.

As dificuldades são as mesmas de sempre, acho que em todo o mundo é assim para o Underground, poucas casas de shows abrem espaço para tocar e também o público não comparece nas apresentações. Mas não vamos desistir!!! Kkkkkkkkkkkk. Eu estou começando a fomentar um festival de Metal aqui em nossa cidade, o Chapecó Metal Fest. Fizemos a primeira edição ano passado com 4 bandas de Metal aqui de Chape. A ideia, esse ano, é continuar dando oportunidade para as bandas daqui, juntamente com atrações de outras cidades e Estados.

Fale um pouco sobre planos futuros.

Prota Vargas: Estamos bem animados com o “Kingdom Of Chaos”. O número de streams já superou os nossos EPs anteriores em 1 mês de divulgação. Neste ano estamos focados para tocar aqui no Sul do país. Estamos abertos para parcerias de trocas de shows com outras bandas, apresentações em festivais e casas de shows, parcerias com distros, gravadoras, selos e afins. Próximo ano queremos tentar subir para Sudeste e Nordeste, e por que não Europa?

Estamos finalizando nossa breve conversa. Deixe um recado aos fãs do SAGRAV.

Prota Vargas: Primeiramente quero agradecer a vocês do Blog VIOLENT NOISE pela oportunidade de falar um pouco da nossa banda. Parceria total!!! Aos nossos amigos e seguidores da SAGRAV, queremos dizer que estamos gratos pelos feedbacks positivos que estão vindos de vários lugares diferente do mundo. Valeu mesmo!!! Nos vemos nos shows por aí!!!

Fotos: Arquivo da banda




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MIRZA

GOSOTSA - O Sol tá Maior III

Maledettos