Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2018

Bellator - I

Imagem
Oriundo da França e formado em 2012, o BELLATOR é um trio que executa um Thrash Metal bastante potente, eficaz e cheio de técnica. É um som pesado com muita qualidade e tendo como maiores destaques os habilidosos riffs de guitarra e um baixo que soa alto e pesado. As letras são todas cantadas na língua natal e isso, de certa forma, traz uma diferenciação para a banda. “I” é o segundo EP e foi lançado em 2017. Possui um total de 6 composições e pouco menos de meia hora de música que representa muito bem o Metal pesado francês. Faixas de maior destaque: “Fromlor Agard”, excelente música de abertura que já mostra a identidade do grupo; “Padnom” traz o melhor solo de guitarra do trabalho; “Epic”, uma instrumental bem bacana. Fãs de Thrash Metal fiquem atentos e confiram. – Nota: 8
Faixas:
1. Fromlor Agard 2. Petit Orc 3. Padnom 4. Epic 5. Bellator 6. Blood Eagle
M.U.S.I.C. Records Facebook Bandcamp



Pagan Throne - Live Thorhammerfest

Imagem
Diretamente da Cidade Maravilhosa, surge o potente e vigoroso PAGAN THRONE, grupo que executa um Pagan Black Metal cheio de energia e fúria. Após lançarem dois Fulls e também alguns Eps, Singles e um Split, eles retornam com seu mais recente trabalho que é, na verdade, um álbum ao vivo.
Para quem não sabe, o Thorhammerfest é um festival anual especializado em Viking/Folk/Pagan Metal e já reuniu inúmeras bandas deste estilo tanto do cenário nacional quanto do internacional. “Live Thorhammerfest” é um registro da apresentação do PAGAN THRONE em Novembro de 2017.
Podemos garantir, sem pestanejar, que o grupo fez um belíssimo registro ao vivo e impressiona não somente no instrumental, mas também nas vocalizações. Encontramos aqui uma bateria veloz e que dá um peso gigantesco à sonoridade da banda, riffs de guitarra bem feitos, solos marcantes, baixo forte e vocais rasgados e furiosos que dão um equilíbrio perfeito ao som executado.
Além disso, a qualidade de produção está muito boa, o que…

StomachalCorrosion

Imagem
Formado em janeiro de 91, o STOMACHALCORROSION é uma das mais antigas bandas extremas do Brasil. Após passarem por diversas mudanças na formação, problema este que ocorre em quase todos os grupos, o line-up se firmou em 2017. O VIOLENT NOISE recebe, com muita honra e orgulho, o guitarrista Charlie Curcio para uma breve conversa. Aqui ele nos relata um pouco da trajetória do grupo, as influências, o contrato com a Cogumelo Records e a visão deles em relação ao cenário.
Confiram a entrevista e vamos apoiar o nosso Underground. Maiores detalhes também podem ser obtidos nas Redes Sociais da banda.
O STOMACHALCORROSION é uma banda formada em 91. Conte-nos como foi o início de tudo.
Charlie Curcio: Eu havia passado por algumas bandas e, na última que toquei, não gostei dos rumos que estavam dando a ela. Mesmo eu sendo membro fundador, decidi sair e começar um trabalho como eu gostaria que fosse, algo que eu tivesse mais voz ativa e pudesse decidir como as coisas seguiriam. Nunca tive comporta…

Passé - Le Dernier Chapitre de l'existence

Imagem
O PASSÉ é uma One Man Band da Polônia com letras em francês. O som aqui é um Post-Black Metal/Experimental, ou seja, há momentos mais calmos e melancólicos e outros mais intensos e vigorosos acompanhados por vocais guturais. A qualidade de gravação é bastante boa e a arte da capa é BELÍSSIMA. As duas faixas que compõem este material são excelentes, mas o destaque fica por conta de “Je me suis envolé/Je suis tombé”, uma música com passagens bastante velozes e riffs de guitarra pesadíssimos. Há ainda a disponibilidade dos amantes do estilo conferirem o surpreendente clipe da composição “Prologue”.O PASSÉ é um projeto que vale a pena, pois consegue unir, com maestria, sons soturnos e brutais ao mesmo tempo. – Nota: 9
Faixas:
1. Prologue 2. Je me suis envolé/Je suis tombé
Facebook Bandcamp YouTube


Gosotsa

Imagem
O GOSOTSA é um grupo bastante diferente. Na verdade, bem mais do que um grupo, é uma proposta artística que inclui não somente a música, mas também poesia, teatro, quadrinhos, pintura. O VIOLENT NOISE teve o imenso prazer de conversar com Drannath. Em uma conversa rápida e interessante, muitos detalhes sobre a banda e sobre os projetos que envolvem o universo Gosotseano nos foram revelados.
Confiram a entrevista e não deixem de apoiar o Underground nacional. Maiores detalhes sobre o grupo podem ser obtidos em suas respectivas Redes Sociais.
De forma resumida, explique para nós o que é o GOSOTSA?
Drannath: O GOSOTSA é todo um movimento artístico de ruptura que envolve música, poesia, literatura, artes plásticas, teatro, videoarte e performance, unindo tudo entre si numa linguagem absolutamente disruptiva sob todos os aspectos, sejam eles estéticos, formais ou líricos.
Como surgiu a ideia de montar o projeto e inspiração para o nome?
Drannath: Sempre tive certa facilidade para escrever, de…

Inverted Cross Cult - Beyond the Towers of Silence

Imagem
Grupo oriundo de Porto Feliz/SP, formado em 2011 e que pratica uma sonoridade que reúne estilos como Death/Doom/Sludge Metal. Estes rapazes, até o momento, gravaram um Single, um Full e este material que estamos analisando é uma Demo Single que foi lançada em 2018. “Beyond the Towers of Silence” apresenta uma produção boa e um som que nos remete, em alguns momentos, ao grande BLACK SABBATH, especialmente em relação aos riffs de guitarra. Não há velocidade, mas o peso é grande e há momentos com doses de melancolia. O ouvinte irá também encontrar vocalizações guturais e agressivas. Prato cheio aos amantes do estilo e torcemos para que a banda produza material com maior intensidade. Os fãs do Metal irão agradecer, sem sombra de dúvidas. – Nota: 8
Faixas:
1. Beyond the Towers of Silence
Facebook Bandcamp YouTube



Justa Vingança? - Quem te Representa?

Imagem
Quinteto que pratica um Hardcore pesado e violento e com letras que traduzem a indignação do nosso caos social. Formado por ex-integrantes de bandas da cidade de Indaiatuba, este material contém apenas duas músicas, mas já é o suficiente para sentirmos a força da sonoridade do grupo. Destacam-se os riffs rápidos executados por Thiago Furgão e William, a dupla de guitarristas. Hugo, o vocalista, bota as cordas vocais para arrebentar e consegue transmitir uma agressividade que caracteriza bem o estilo. A música “Quem te Representa?” traz não somente uma qualidade muito boa de gravação, mas é também a melhor do trabalho. Uma banda que merece ser acompanhada bem de pertinho. Tem claros sinais de se tornarem promissores. – Nota: 8
Faixas:
1. Quem te Representa? (Ao Vivo) 2. Respeita Nós (Ao Vivo)
Facebook Bandcamp Spotify


Denial of Light

Imagem
Inicialmente concebido como uma banda, o DENIAL OF LIGHT acabou se transformando em uma One Man Band. Com uma sonoridade densa, obscura, melancólica e depressiva, Arthur Ferreira, o mentor do projeto, conversou rapidamente com o VIOLENT NOISE e nos deu alguns detalhes como o início de carreira, a repercussão do primeiro EP, a cena Doom Metal no Brasil e o lançamento do primeiro Full.
Confiram a entrevista e vamos apoiar o projeto e o Underground nacional. Maiores detalhes também podem ser obtidos através do Facebook oficial.
Quando e como se deu a formação da banda?
Arthur Ferreira: O Denial foi formado no final de 2016. Eu sempre toquei e escrevi sozinho, nunca quis ter banda nem tocar com ninguém, gosto de ser "low-profile". Na época conheci alguns caras pelo centro de SP e num barzinho de esquina surgiu a ideia de ter uma formação para executar músicas que eu tinha e compor coisas novas. Assim surgiu a formação que executou os dois únicos shows que foram feitos ao vivo.
Como…