Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2018

Bate Apanha

Imagem
Formado em 2016, o BATE APANHA é um quarteto de Hardcore oriundo de Mogi Mirim/SP. Estes rapazes fazem um som vigoroso, potente e repleto de força e energia. O VIOLENT NOISE teve a grande honra de fazer uma breve entrevista com o grupo e conhecer um pouco da trajetória deles. Aqui nos relatam desde o surgimento da banda até o lançamento e repercussão do primeiro EP, além de outras curiosidades.
Confiram a entrevista e não deixem de apoiar a banda e nosso Underground. Maiores detalhes sobre o grupo também podem ser obtidos através do Facebook oficial.
Como iniciou a ideia do grupo e qual a formação de vocês atualmente?
Bate Apanha: A hipótese de montar a banda começou trocando uma ideia na barbearia do atual baixista, Julio Skullbarber. Fabiano Monstrão assumiria as guitarras, Julio, a princípio, tocaria guitarra e Júnior Céu nos vocais. Tudo era despretensioso, uma vez que cada integrante já tocava em outras bandas e todos tinham conhecimento desses projetos. A formação na qual iniciamo…

Marduk - Viktoria

Imagem
Na ativa desde 1990, o MARDUK é uma potência no universo do Black Metal e dispensa maiores apresentações. “Frontschwein”, lançado em 2015, foi o último Full destes guerreiros e agora eles ressurgem com o potente “Viktoria”. Não há muito segredo, pois a fórmula continua a mesma: vocais rasgados, riffs rápidos e gélidos, bateria muito veloz e baixo dando um peso absurdo nas composições. A espera valeu a pena e a obra vai agradar aos amantes do Metal Extremo. A boa qualidade da produção torna o trabalho ainda mais grandioso e os destaques musicais vão para “June 44”, “Equestrian Bloodlust” e “Viktoria”, a faixa título. Confiram urgente e com atenção especial. Um lançamento imponente. – Nota: 9
Faixas:
1. Werwolf 2. June 44 3. Equestrian Bloodlust 4. Tiger I 5. Narva 6. The Last Fallen 7. Viktoria 8. The Devil’s Song 9. Silent Night
Site Oficial Facebook Instagram

Ancient Seance - Cryptic

Imagem
O ANCIENT SEANCE é um trio americano que executa um Heavy Metal com algumas passagens bem velozes. De leve, eles têm um pezinho lá no Thrash Metal e todos os membros são de uma outra banda chamada SCORPIA. "Cryptic" é, na realidade, a primeira demo e foi gravada em 2018, que também é o ano de criação da banda. O aspecto negativo deste trabalho é a produção, porém o mesmo não pode ser dito das composições. Elas são IMPECÁVEIS e vão cativar os ouvidos dos Headbangers. O ouvinte irá encontrar excelentes riffs e solos de guitarra, baixo absurdamente audível, bateria precisa e vocais graves que se intercalam a alguns agudos marcantes. É uma sonoridade que nos remete ao período oitentista.Urgente, mas urgente mesmo, torna-se necessário lançar o primeiro Full. Estamos esperando. – Nota: 9
Faixas:
1. Bloodwitch 2. Cryptic Lullabies (Intro) 3. Cryptic Lullabies 4. Spill the Blood
Facebook Bandcamp

Forelunar - Wine and the Limerent

Imagem
Mais uma One Man Band na parada. Diretamente do Irã, o FORELUNAR executa um Atmospheric/Post-Black Metal e lançou o EP "Wine and the Limerent" há poucos dias. Harpag Karnik, o mentor do projeto, fez um trabalho bom e interessante, ainda mais quando levamos em conta que se trata de um primeiro registro. É uma sonoridade bastante fiel ao estilo que representa, mas infelizmente tem como ponto negativo uma produção que é um pouco abaixo da média. O que mais chama a atenção são as doses de melancolia. Há partes mais tranquilas que se mesclam a momentos mais pesados e, em determinados trechos, lembra muito de leve a proposta executado pelo BURZUM da época do "Filosofem", mas com sonoridade bem mais clean. Atentem-se à "Ephemeral Light", composição impecável. Aguardemos o próximo trabalho. – Nota: 8
Faixas:
1. Lunar Wine 2. Ephemeral Light
Facebook Bandcamp

Grinding Reaction - O Caos Será a Tua Herança

Imagem
O GRINDING REACTION é um grupo de Diadema que pratica um Hardcore/Thrash Metal bastante rápido e violento. Em 2015 lançaram o EP "Tempo, Persistência e Fúria", excelente obra que marcou os 15 anos de existência do grupo. Agora esses rapazes reaparecem com "O Caos Será a Tua Herança", seu mais novo trabalho. Trata-se de um Full-length com 16 composições e pouco mais de 40 minutos de duração.
O ouvinte irá se deparar com algo bastante similar ao que foi registrado no EP, com a diferença que temos aqui uma maior qualidade tanto na arte gráfica quanto na produção, além de termos uma banda mais madura e mais técnica. Preparem-se para letras que apontam o caos social, excelentes riffs de guitarra, mudanças de ritmo, bons solos, baixo bem presente, vocalizações muito raivosas e uma bateria destruidora.
Como um todo, o álbum é bastante interessante e prazeroso de ouvir e irá agradar em cheio aos amantes do Hardcore e do Metal Extremo em geral. Os destaques ficam por conta d…

Daniel Tree - Higueras

Imagem
O DANIEL TREE é um projeto diferente e bastante ousado. Trata-se de uma One Man Band e encontramos aqui uma sonoridade que irá misturar elementos do Atmosférico, Dark, Noise e Experimental, ou seja, é um som que corre o risco de não agradar qualquer ouvinte, pois foge muito do tradicional. Gravado em maio de 2018 e contando com a presença de músicos convidados, "Higueras" é, na verdade, um registro ao vivo no Signos Pub e possui um total de quase 20 minutos de música. Os sintetizadores iniciais dão um clima e logo depois a composição vai se tornando mais densa e pesada. Predominam os vocais que seguem uma linha bem gutural e algumas sonoridades mais peculiares que a música apresenta. Vale conferir e conhecer melhor este trabalho, mas vá com bastante cautela e principalmente com a mente aberta. – Nota: 7
Faixas:
1. Higueras
Bandcamp

Deep Memories

Imagem
Em março de 2005, o músico e produtor Douglas Martins se desligou do Desdominus, banda de Death Metal de Americana, interior de São Paulo. Ele continuou compondo material e acabou montando um novo projeto chamado DEEP MEMORIES. Trata-se de uma One Man Band cuja proposta é fazer uma sonoridade que mescla Doom, Death e Black Metal Melódicos. Prestes a lançar o primeiro Full, o músico concedeu uma rápida entrevista ao VIOLENT NOISE e nos dá detalhes sobre sua nova empreitada.
Confiram a entrevista e não deixem de apoiar a banda e o nosso Underground. Maiores detalhes sobre o projeto também podem ser obtidos através do Facebook oficial.
Como surgiu a ideia de montar o DEEP MEMORIES?
Douglas Martins: Sempre tive uma ânsia muito grande de compor e gravar um álbum inteiro sozinho. Quando ouvia o "Twilight of the Gods" do Bathory, me impressionava em como uma obra prima daquela havia sido executada por uma única pessoa. Eu imaginava: Será que eu sou capaz de fazer o mesmo? Mesmo antes…

Invokaos - Clube da Luta

Imagem
"Clube da luta, Filho da puta, com caráter construí minha conduta."
Os meninos do INVOKAOS estão de volta e, desta vez, com mais um single poderoso e bem executado. Depois do ótimo "Canibalismo e Caos", o quarteto nos brinda com "Clube da Luta", um som que conseguiu ser mais relevante ainda do que o mencionado acima. O grupo continua na mesma pegada: riffs bem feitos e fortes, vocal agressivo, baixo marcante e batera fazendo um trabalho digno. Não estão velozes, mas estão pesados e com boa variação de ritmo, além da composição contar com uma letra muito interessante. Fiquem atentos ao refrão. Tem tudo para essa música se tornar um hino. Solos de guitarra serão muito bem-vindos. A arte da capa foi feita pelo vocalista Bruno Bacchiega e é uma homenagem ao lutador brasileiro Fantomas, ícone da luta livre nos anos 60/70. – Nota: 9
Faixas:
1. Clube da Luta
Facebook SoundCloud

Viscerall - Death Machine

Imagem
"Death Machine Will be Turned On"
É com grande orgulho, alegria e satisfação que temos a oportunidade de ouvir o "Death Machine", single da banda baiana VISCERALL. Caraca!!!! Fazem um som muito competente. Trata-se de um Heavy Metal repleto de melodia e qualidade, cujos maiores destaques são as potentes vocalizações de Alexandre Humildes e os riffs e solos da dupla de guitarristas composta por Gleuber Machado e Igor Tavares. Obviamente que a sonoridade deles nos remete a outras bandas conhecidas do cenário, mas isso não tira o talento e brilhantismo do grupo. O teclado do início, lindo por sinal, me fez lembrar dos cariocas do VENIN NOIR, embora a sonoridade como um todo nada tenha a ver com a banda citada. Em breve tem EP vindo por aí. Que venha URGENTE. Ouça sem medo. – Nota: 8
Faixas:
1. Death Machine
Facebook YouTube

Elk's Island - Reaper

Imagem
Black Metal oriundo diretamente da Rússia, o ELK'S ISLAND acaba de lançar esse single que apresenta uma capa caprichada e já insere o ouvinte a uma atmosfera voltada ao estilo, além de ter uma sonoridade que não é algo novo, mas é digna de muito respeito e consideração por parte dos adoradores do Metal, especialmente quem aprecia sons extremos. Gravação de boa qualidade e música que valoriza riffs lentos, porém bem executados. O vocal é rasgado e utiliza um grave que varia com um agudo bem sútil. Há uma pontinha de melancolia, mas não encontramos o desespero e a agonia presentes no Depressive Black Metal. Em 2016 foi lançado o primeiro trabalho: o EP "I am Evil". Vale acompanhar a banda e conhecer melhor. – Nota: 8
Faixas:
1. Reaper
Bandcamp

Chaos Synopsis - Gods of Chaos

Imagem
É formidável quando a gente ouve e avalia o trabalho de uma banda e, anos depois, analisa um trabalho recente e percebe a evolução e maturidade que o grupo atingiu. Em 2015 tive a chance de escutar e resenhar o excelente "Art of Killing" do CHAOS SYNOPSIS, banda de Death/Thrash Metal de São José dos Campos/SP.
Em 2017 eles aparecem novamente com seu quarto Full, o poderoso "Gods of Chaos". E mostram que vieram para arrebentar. Arrebentam não somente os tímpanos dos amantes do Metal, mas também conseguem se colocar, sem qualquer tipo de dúvida, como um dos melhores grupos nacionais no estilo que fazem.
Trata-se do bom e velho Death/Thrash Metal que eles já faziam, mas desta vez ficam ainda mais nítidas as técnicas e habilidades dos quatro guerreiros que compõem o grupo. Vamos encontrar muita velocidade (o baterista é um destruidor de baquetas), riffs rápidos, solos excelentes, baixo forte e vocais que muito bem representam o estilo. Além disso, as composições estão m…